Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Amazing days

"A vida é fascinante, só é preciso olha-la através das lentes corretas" (Alexandre Dumas)

Amazing days

"A vida é fascinante, só é preciso olha-la através das lentes corretas" (Alexandre Dumas)

Amesterdão e Zaanse Schans

Quem segue o Instagram já percebeu que houve uma escapadinha a Amesterdão. Entre museus, excursões e passeios pelas ruas passaram-se 4 dias bem bons.

Como sempre programámos a viagem ainda cá. Fomos com os bilhetes todos comprados, tanto para os museus como para o passeio a Zaanse Schans, Volendam e Marken, o que nos permitiu organizar melhor o tempo e aproveitar o máximo sem correrias, afinal estavamos de férias.

IMG_4472.JPG

 

IMG_4530.jpg

 

A Holanda está abaixo do nivel do mar. O aeroporto de Amesterdão está a -4 m! e alguns lugares da Holanda chega a estar a -7m. Por esta razão têm o sistema de drenagem bem desenvolvidos (os holandeses são os verdadeiros especialistas em drenagem de solos) e os canais  estão com difeenças de cota de 0.5m entre si, até atingirem o nivel do mar.

 

os holandeses circulam muito de bicicleta. As ruas principais em Amesterdão têm 3 faixas em cada sentido: a mais central para os elétricos, a intermédia para carros e a terceira, junto ao passeio e pintada a vermelho, para as bicicletas. Só depois está o passeio para os peões. E atenção às bicicletas, pois elas têm prioridade na faixa vermelha, por isso não circulem nela a pé nem se ponham à frente à espera que a biciclete páre, porque não vai parar...

 

1º dia

O primeiro dia é sempre para chegar com calma e fazer o que chamamos o "levantamento do território". isto é, localizarmo-nos, ver o que temos na zona, circular um pouco. Ao 2º dia começa realmente a aventura e a descoberta. Alugámos um apartamento T1, muito agradável e junto ao elétrico e museus, que nos permitia andar a pé se o quisessemos ou nos dias que iamos para mais longe, ir de transportes publicos. 

 

2º dia

Optámos por fazer logo o passeio Zaanse Schans, Volendam e Marken e os bilhetes já estavam comprados. Há muitas excursões para os moinhos, umas que ocupam mais tempo, outras menos. Nós optamos por esta, quase dia inteiro mas valeu muito a pena (incluia também o passeio nos canais em amesterdão para quando quisessemos). Deu para ver mais da Holanda do que só Amesterdão e foi muito agradável. O sol andou muito envergonhado, mas não houve chuva.

 

Começámos por visitar Zaanse Schans e os moinhos de vento. Pois, se há moinhos de vento é bom que haja vento e isso realmente aqui não falta! Não falta vento, nem moinhos!

 

IMG_4345.jpg

IMG_4346.jpg

IMG_4347.jpg

 

IMG_4361.jpg

 

Apesar do vento, Zaanse Schans é muito giro. Está replecta de moinhos de vento, como já disse, todos recuperados e que servem para manter a tradição. Fomos ver como se faz óleo de amendoim e segundo o moleiro, uma fábrica produz em 10 minutos o que ele produz num ano, mas as fábricas contribuem para o pagamento do ordenado do moleiro e para a manutenção dos moinhos para que a tradição se mantenha viva e os moinhos não parem. Por aqui se vê que a responsabilidade social funciona.

 

IMG_4353.jpg

 

 

IMG_4352.jpg

 

No próximo post falo-vos de Volendam e a ilha de Marken, dos queijos Edam, das bolachas de caramelo e das tão famosas socas holandesas.

Bom fim-de-semana.