Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Amazing days

"A vida é fascinante, só é preciso olha-la através das lentes corretas" (Alexandre Dumas)

Amazing days

"A vida é fascinante, só é preciso olha-la através das lentes corretas" (Alexandre Dumas)

Ter | 11.09.18

Eu, tu e os outros

Beatriz LA

IMG_4627.JPG

 

Este foi um dos livros lidos este Verão. De leitura fácil, mas que nos faz pensar, foi lido num ápice. Aborda vários temas do nosso quotidiano e lança questões que nos deixam a pensa como lidamos com eles. Está estruturado em tres partes: primeiro a relação com nós próprios, depois com os nossos e por fim com os outros.

Temas como não ter medo de mudar, assumir sermos nós mesmos e construir a felicidade são alguns dos abordados. e são o ponto de partida para tudo o resto. Afinal, se não estivermos bem e nos aceitarmos a nós próprios a relação com os outros (sejam "outros-nossos" ou "outros-outros") será sempre muito mais dificil.

 

"Quem não tem vontade de nada ou está convencido que não vale a pena investir, 

arriscar e esperar, está a negar a sua própria existência"

 

Quando o tema são os nossos, a tolerância e o repeito são regras a não quebrar. Mas podemos dizer, ah ok claro que sim, isso não é novidade. Mas fazemo-lo mesmo? Por vezes, muitas vezes, a teoria e a prática não coincidem e embora saibamos o que é certo, é mais facil fazermos o que é mais confortável para nós. Sair da zona de conforto dá trabalho.

 

"A vida é demasiado breve, demasiado preciosa e demasiado dificil

para nos resignarmos a vive-la não importa como. E, também, demasiado

interessante para não nos darmos ao trabalho de refletir sobre ela e a debater"

 

Enfim, mais um conjunto de ideias para nos fazer pensar, como sempre foi e é, hábito da Laurinda Alve. Mas sem moralismos, já que vai buscar referencias bibliográficas e é a partir daqui que tudo se desenvolve.

2 comentários

Comentar post