Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Amazing days

"A vida é fascinante, só é preciso olha-la através das lentes corretas" (Alexandre Dumas)

Amazing days

"A vida é fascinante, só é preciso olha-la através das lentes corretas" (Alexandre Dumas)

Seg | 30.04.18

iEra

Beatriz LA

Vivemos numa época em que tudo começa por i. iPad , iPhone , iTunes... , ou pelo menos tudo o que a miudagem quer.  É a iEra! E nós pais que crescemos numa época em que nem computadores havia temos que nos adaptar. Comecei a mexer em computadores já na universidade, lembro-me que só um professor pedia os trabalhos desta forma e lá foi o fim dos gráficos em papel milimétrico. Aos poucos fomos evoluindo. Telemóvel? sim, mas só para fazer chamadas, com teclas, e enviar sms. coisa muito rudimentar. Quando conto isto ao meu filho hoje com 10 anos faz uma cara como se eu e o pai tivessemos vivido na pré-história! Mas foi mesmo assim. Mas temos a capacidade de nos adaptarmos rapidamente e com estas tecnologias não foi exceção. Também a minha geração se tornou rapidamente dependente do computador, telemóvel e internet. Aliás se ficamos sem rede começamos a entrar em stress e a descompensar. 

E se damos estes exemplos aos nossos filhos, o que esperamos em troca? que brinquem com carrinhos e bonecas até aos 20 anos? claro que não! Eles reproduzem os nossos comportamentos e como tal também vão ficar agarrados a estes vicios das i-tecnologias, ao ponto de o pedido do meu filho para prenda de aniversário ser um iPhone!   - Meu querido filho, eu também fiquei fã desta maçã ratada, mas aos 11 anos parece-me um pouco cedo, não?! 

Ora bem, preocupado com estas coisas, o Prof. Daniel Sampaio publicou este mês de abril um novo livro sobre o tema. "Do telemóvel para o Mundo". E é mesmo isso. basta um telemóvel (com rede, sempre com rede) e sentimos que estamos ligados ao Mundo! O livro reporta casos reais, de forma a não se conseguir identificar os implicados, claro está, mas segundo o especialista, poderemos usar a internet para aproximar gerações. Para isso, as crianças devem ser habituadas desde cedo a usar tudo isto e deve haver regras - aplicáveis aos filhos mas também aos pais. Nada de ver emails nem facebook às refeições, assim como no periodo da manhã quando a malta se prepara para sair para a escola, nem na hora de ir dormir. 

Bem, não estando totalmente tranquila com o tempo que passamos agarrados as estas coisas cá por casa, já começo a achar menos provável ter que marcar consulta. Afinal cumprimos estes principios (ou tentamos vá) para que depois do jantar já não haja iPad nem net.  E segundo o prof. Daniel Sampaio temos que aprender a viver com estas ofertas.

Dificil mesmo é competir entre jogos, youtube e LIVROS! Sim, aqueles objetos cheios de folhas que há lá por casa aos magotes, mas que dá um trabalhão termos de juntar aqueles milhões de letras para construir palavras e depois frases. Esta batalha tem sido dificil mas não a dei por vencida. Tem que ler nem que seja obrigado se quiser ver todos os seus  youtubers (sob a vigilancia possivel, porque alguns benza-os Deus) e jogos sejam eles na net ou PS4. A irmã já vai ouvindo o recado, mas para já ainda temos que ser nós a ler a historia ao final do dia.