Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Amazing days

"A vida é fascinante, só é preciso olha-la através das lentes corretas" (Alexandre Dumas)

Amazing days

"A vida é fascinante, só é preciso olha-la através das lentes corretas" (Alexandre Dumas)

Qua | 12.09.18

Saber ouvir os sinais do nosso corpo

Beatriz LA

Na correria do dia-a-dia queremos sempre chegar mais longe e fazer mais e mais porque achamos que temos que ser autenticos polvos e chegar a todo o lado. O resultado a certa altura é que, só não conseguimos efetivamente chegar a todo o lado, como a eficácia com que fazemos  e do que conseguimos vai diminuindo e isso reflecte-se em nós e nos outros.

Antes das férias de verão, estava literalmente á beira da exaustão. Felizmente conseguimos uns dias (3 para ser mais precisa) e conseguimos refugiar-nos num verdadeiro oásis. Falei sobre isso neste post. A verdade é que foram 3 dias em que só dormi, comi e li junto à piscina. E as baterias carregaram mesmo!

O resultados destes dias foi ainda mais claro quando fomos de férias com os miudos. Costumamos ir no ponto extremo de cansaço e a desesperar por descanso, coisa que na verdade não conseguimos ter em 2 semanas de férias com criançada por perto. Querem atenção, querem brincar e nós só queremos esperguiçadeira. O resultado são birras, zangas, mau humor tudo o que nao se quer em férias (nem em situação alguma). 

Pois este ano tudo aconteceu muito mais tranquilamente. É verdade que os pequenos já são mais crescidos, mas também não é menos verdade que aquela bendita escapadinha foi o melhor que fizemos.

Saber ouvir os sinais do nosso corpo é fundamental para termos algum equilibrio. nem sempre é possivel, é certo. Nós também só conseguimos estes dias em muitos anos, mas por vezes mais vale parar um pouco do que querer ser de elástico e chegar a todo o lado, porque a bem da verdade não estamos a chegar com a qualidade que queremos (é só para um check). mas por vezes conseguem-se alternativas, nós é que andamos cegos e nem procuramos solução.

Hoje comecei o dia com uma massagem (muitas contraturas nas costas). Se é a mesma coisa que dias de completo relax, não é. Mas é o que há. E foi bom. E é para repetir quando houver essa necessidade.

A felicidade constrói-se e esta é apenas uma pedra mas que sustenta tudo o resto.